Centro Social Imaculada Conceição

O Centro Social Imaculada Conceição da Paróquia de Santa Joana, Princesa, é uma Instituição de Solidariedade Social, com Estatutos aprovados pelo Instituto de Segurança Social, registada em 20 de Agosto de 2002 e publicado no Diário da República, III Série, nº 210, de 11-09-2002.

 

Tem como fins cultivar nos paroquianos a noção das suas responsabilidades sociais, motivando-se para as exigências cristãs da partilha e comunicação de bens e, muito em particular, ajudando-os a dar resposta adequada às carências que se verifiquem entre os habitantes da paróquia, mediante acções de assistência, promoção ou desenvolvimento, segundo as circunstâncias.

 

O Centro Social Imaculada Conceição surge assim, como uma Resposta Social, integrada num equipamento específico, com a Missão de contribuir para a evolução do indivíduo nas suas várias dimensões - humana, social, cultural, espiritual e religiosa, tendo por referência a Doutrina Social da Igreja.

 

 

É  um espaço aberto à comunidade, onde se disponibilizam serviços, acções e iniciativas ligadas à acção Social, Saúde, Educação, Formação e Cultura, dando respostas integradas ao nível da saúde Bio- Psico- Social da população por si servida.

 

Deste modo, tem como objectivo constituir-se como um espaço de suporte para os seus utentes, dando resposta a problemas específicos ou fragilidades do tecido social e humano da área que abrange. Neste sentido, procura identificar as necessidades cujas repostas possam ser por si fornecidas, e através da articulação com as instituições e equipas de intervenção, agir de forma a melhor poder integrar os indivíduos que dele necessitem.

 

Como exemplos mais imediatos dos níveis de intervenção para os quais este Centro Social poderá estar vocacionado, apontamos os seguintes:

  • Desenvolvimento de Competências Pessoais, Sociais, Culturais e Espirituais

  • Optimização de Habilidades, Competências Físicas e Psicológicas.

  • Prestação de apoio psicossocial;

  • Melhorar a qualidade de vida dos idosos e respectivas famílias;

  • Desenvolver competências relacionadas com a habilitação e reabilitação física e mental;

  • Fomento das relações interpessoais, a fim de evitar o isolamento.

 

No seu conjunto, este tipo de acções visa enquadrar o indivíduo de modo mais satisfatório nos diversos cenários do seu quotidiano, identificando as áreas nas quais a sua inadaptação o poderá colocar em risco. Esta intervenção pressupõe a existência de equipas de intervenção e de recursos tão diferenciados quanto possível.

Horário de Funcionamento

 

De Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 19h00 (de Setembro a Julho)

© 2023 by FinAssociates. All rights reserved.

  • w-facebook
  • w-tbird
  • w-googleplus